terça-feira, 3 de Abril de 2012

UEFA multa FC Porto

A UEFA multou hoje o FC Porto em 20 mil euros por «comportamento racista dos seus adeptos» durante a receção ao Manchester City, em jogo dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol.


A decisão do comité de controlo e disciplina do organismo que rege o futebol europeu decorre de uma queixa do Manchester City, após os jogadores Mario Balotelli e Yaya Toure terem lamentado cânticos alegadamente racistas no jogo que a equipa inglesa venceu, por 2-1, no Porto.

Os regulamentos da UEFA proíbem discriminação «de cor, raça, religião ou origem étnica».

Balotelli terá sido alvo de manifestações racistas quando foi substituído aos 77 minutos, por Kun Aguero, autor do golo da vitória do City sobre o FC Porto, por 2-1.

Após o encontro, o futebolista Yaya Touré, do Manchester City, disse «ter ouvido algo» vindo das bancadas durante o jogo.

«Ouvi qualquer coisa vinda das bancadas» afirmou o médio marfinense, que alegadamente também terá sido alvo de insultos racistas, acrescentando: «É por isso que gosto da liga inglesa, porque isto nunca acontece».

O jogador acrescentou que «talvez em alguns países não esperem ver jogadores negros» e admitiu que «no futuro, as coisas vão mudar devido a uma abertura de mentalidades».

Entretanto:


e, já agora...

Sem comentários: